Coisas que me irritam

Tem muitas coisas que me irritam, mas uma delas é campeã. Gente folgada.
Tá bom, sei que não é exclusividade minha. Gente folgada irrita todo mundo. Quem aí gosta de alguém folgando no seu pedaço?

Na faculdade, estudei com uma garota muito sem noção. Além de ser chata pra cacete, ela folgava com todo mundo. (E ainda se perguntava porque nunca teve amigos..)
Era só comprar um chocolate que ela vinha e mordia a minha barra, sem perguntar nada. Ela literalmente pegava minha mão com a dela e levava minha doce e pobre barra de chocolate até sua boca. Dava aquela mordida que quase pegava metade do chocolate inteiro e boa. Sem contar que eu tinha que tirar o pedaço que sobrava com a “babinha” dela..

Como fiquei muito chocada com ela da primeira vez, não falei nada. Acho que ela se acostumou. Viu que funcionou e nunca mais parou. Eu tinha que comprar chocolate escondido. Ou fazia questão de comprar e guardar na bolsa, só pra ver ela de olho nele sem poder falar nada. E sempre dava um jeito de comer escondido, porque se ela visse, viria roubar meu doce.

Mais recentemente estou com um problema de roubo de água. Eu abro uma garrafa de 1,5L no trabalho, toda semana, pra ver se começo a consumir mais água. Eu bebo muito pouco, isso é um fato que estou tentando mudar. E, justamente por beber pouco, sempre sei quanto tem na minha garrafa.
Isso não é o suficiente para impedir meu pai de roubar minha garrafa e beber dela escondido de mim. Isso porque minha água sempre está geladinha. E, como ele já fez isso uma vez e eu dei uma bronca enorme nele, ele anda fazendo escondido. Achando que eu sou muito tapada para notar.

Por que as pessoas agem assim? Isso é um problema que só eu tenho?
Sou sempre cercada de pessoas que desrespeitam o espaço ou a propriedade alheia?
Outro dia foi a TV que me deu problemas com meu pai. Estava assistindo uma série na TV da sala, levantei para fazer alguma coisa breve e, quando voltei, lá estava meu pai, deitado belamente no meu lugar com o controle na mão escolhendo seu canal. Como se minha série pausada, ou minha presença lá no sofá um minuto antes, fosse nada.

Sei que no mundo de hoje muitas vezes é tudo tão corrido que entramos no “piloto automático”. Fazemos coisas sem pensar. Sempre fazemos tudo da mesma forma, do mesmo jeito, no mesmo lugar. É a tal rotina. Confortável e previsível.

Foda-se a rotina. Mas não roube minha água ou meu chocolate, né? Isso é uma sacanagem muito grande com o ser humano. Não me levem a mal: não é questão de egoísmo. Eu divido meu chocolate com quem eu quiser. Mas tem que ser uma opção minha. Minha água, suco ou refrigerante, só divido com meu namorado. Se outra pessoa bebe no meu copo, não importa quem seja, eu pego outro copo pra mim. Convenhamos: só beijo meu namorado!

E o mais difícil é que é sempre a gente que tem que mudar, não o outro. O outro sempre parece incapaz de mudar. Você fala, conversa, eles escutam, argumentam, até concordam, mas aí dormem e resetam seus cérebros. Já era. Informação perdida. Game over.
Será que somos mais evoluídos do que as outras pessoas e portanto mais capazes de mudanças ou só nos preocupamos demais com o próximo?

Num mundo onde a maioria só sabe olhar para o próprio umbigo, agir com mais compaixão às outras pessoas é quase uma qualidade em extinção. Mas ainda tenho fé nas pessoas.. e na capacidade de evolução de cada um.. o que posso dizer? Sou uma romântica incorrigível. 🙂

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s